Crédito: Divulgação/CBMMG

Fonte: CBMMG

O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) vem capacitando seus militares através de cursos, treinamentos e simulados para a utilização de Aeronave Remotamente Pilotada (RPA) nas diversas áreas de atuação da Corporação.

A utilização de RPA teve início no dia 20 de maio no emprego operacional, e durante o atendimento às chamadas, demonstrou ótimos recursos e resultados em todas as fases da ocorrência.

O trabalho com uso de RPA é executado por 2 bombeiros militares, um fica responsável por pilotar a RPA, e o outro militar exerce a função de motorista/armador.  E essa dupla irá atuar em campo com uma RPA de uso específico dos trabalhos e atendimentos por equipes de bombeiros.

As aeronaves possuem câmera térmica, holofote de busca, alto-falante e um sistema chamado Beacon (farol de posicionamento aeronáutico).

O emprego operacional acontecerá em apoio à ocorrência de:

– incêndio urbano, com visualização 3D do local sinistrado para melhor emprego da tropa;

– ocorrências de incêndio florestal com melhor compreensão da linha de incêndio, do vento, da alocação de pessoal no combate e melhor definição das técnicas e táticas de combate;

– ocorrências de busca e salvamento em geral;

– missões de Proteção e Defesa Civil;

– e apoio em geral a tudo que for preciso em uma cobertura e visualização aérea para desenvolver o melhor trabalho na atuação dos militares.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui