Crédito: Ministério da Justiça e Segurança Pública

Fonte: Ministério da Justiça e Segurança Pública

O presidente da República, Jair Bolsonaro, vai a Pernambuco na manhã desta segunda-feira (30), numa visita de solidariedade ao povo do Recife e sua região metropolitana, que sofre os efeitos de uma chuva intensa. O ministro da Justiça, Anderson Torres, o acompanha. Até o momento, já foram registradas quase cinco dezenas de mortes e igual número de desaparecidos e cerca de quatro mil desabrigados.

“Vamos, com o presidente Bolsonaro, avaliar a situação para que possamos prestar toda a ajuda necessária, do modo mais adequado em benefício das vitimas”, disse Torres. “A nossa Polícia Rodoviária Federal, assim como outras instituições do Governo Federal, entrou em ação no primeiro momento para ajudar as vítimas a enfrentar essa calamidade, que vamos superar juntos”, ressaltou ele.

A ida do presidente Jair Bolsonaro a Pernambuco, junto com vários ministros, foi anunciada em suas redes sociais neste domingo (30/5). Ele disse que irá para “melhor se inteirar da tragédia” causada pelas chuvas.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) tem prestado apoio às centenas de caminhoneiros que estão parados devido à queda de barreiras, aos alagamentos e ao bloqueio de rodovias. O Ministério da Justiça apoia as ações com duas aeronaves, dezenas de policiais e cães farejadores para ajudar na busca de desaparecidos. Torres parabenizou a PRF – que também leva alimentos às pessoas ilhadas e corta árvores para liberar as pistas – pelo trabalho prestado.

Várias avenidas importantes e quase todas as rodovias estaduais e federais que cortam a região estão com problemas. Rios transbordaram, casas em morros da Região Metropolitana desabaram e, mesmo em ruas planas, diversas residências foram alagadas.

Somente entre sexta e a manhã do sábado, o volume de chuvas chegou a 236 milímetros em alguns pontos da capital pernambucana – o equivalente a mais de 70% da previsão para todo o mês de maio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui