Crédito: CBPMESP

Fonte: G1

Os chamados para incêndios aumentaram 20% no estado de São Paulo no mês de abril deste ano. Dados divulgados pelo Corpo de Bombeiros do estado indicam que, até esta segunda-feira (20), já foram atendidas 391 ocorrências a mais que durante o mesmo período de 2019.

Segundo o Major Marcos Palumbo, do Corpo de Bombeiros, durante a quarentena para o combate ao Covid-19, é preciso cuidado com uso de gás de cozinha e do álcool em gel, materiais inflamáveis comuns no ambiente doméstico. Somente em abril foram registradas 27 vítimas de incêndios no estado, entre mortos e feridos.

Em março, quando o distanciamento social começou a ser aplicado no estado, o Corpo de Bombeiros já havia registrado um aumento de 60% nas ocorrências de incêndio, em comparação com mesmo mês de 2019, o que representou uma média de 136 chamados por dia em todo o estado.

Cuidados com o álcool em gel

Assim como o líquido, o álcool em gel também é um produto inflamável. As chamas que ele produz quando entra em contato com calor são incolores e quase imperceptíveis aos olhos.

“Após fazer a utilização desse produto na assepsia, não manusear nada que produza calor. Então, não usar o fogão, acender churrasqueira ou até mesmo fumar um cigarro, porque esse fogo pode passar para as mãos da pessoa e ela pode ter queimaduras gravíssimas”, disse o Sargento Carlos Eduardo Teixeira, em entrevista ao Jornal Tribuna 2ª edição.

O sargento também alerta as pessoas em relação ao armazenamento do produto, que deve ficar longe do alcance de crianças e de fontes de calor, ou seja, deve ser mantido em ambientes frescos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui