Data: 16/10/2019 / Fonte: Comunicação da SSPDS

Fortaleza/CE – O Sistema de Segurança segue atuando ininterruptamente nos trabalhos de resgate dos desaparecidos no desabamento do Edifício Andrea, acontecido por volta de 10h30min dessa terça-feira (15), em Fortaleza. Oito pessoas reportadas por parentes como presentes no local no momento do desabamento seguem desaparecidas. Em entrevista, o coronel comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará, Luis Eduardo Holanda, confirmou dois óbitos.

Uma das vítimas fatais localizadas foi Frederick Santana dos Santos, de 30 anos, que foi retirado dos escombros, no fim da noite de ontem. A segunda, uma mulher, foi encontrada na manhã de hoje. Os trabalhos seguem em andamento no local, onde, durante o dia ontem, animais de estimação também foram retirados pelas equipes bombeirísticas. As ações de resgate tiveram o apoio da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) aérea da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) e de ambulâncias do Samu.

Efetivo
Toda a estrutura dos órgãos de segurança foi direcionada para o bairro Dionísio Torres – Área Integrada de Segurança 10 (AIS 10), onde o prédio desabou. Guarnições do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) atuam com equipes de resgate especializadas em estruturas colapsadas e três cães farejadores, além de equipamentos como drones, utilizados na varredura da área, e uma plataforma mecânica que possibilita uma visão elevada e central de toda a estrutura. No total, são 215 bombeiros militares empregados na ação. A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Ceará do Corpo de Bombeiros também atua na ocorrência.

Já a Polícia Militar do Ceará (PMCE) realiza o isolamento na região, visando facilitar o trabalho dos bombeiros militares, bem como manter a segurança das pessoas próximas. Em torno de 45 policiais militares, em viaturas e motocicletas atuam na ocorrência. A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), com 50 profissionais, e a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), com cinco policiais civis, também realizaram, nesta terça-feira, os primeiros levantamentos sobre a ocorrência. No entanto, os trabalhos investigativos e periciais só poderão ser efetivados após o término das ações do Corpo de Bombeiros.

Inquérito
A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio do 4° Distrito Policial, informa que instaurou, desde ontem, inquérito policial para apurar as circunstâncias do desabamento do Edifício Andrea. Testemunhas já foram ouvidas e as apurações estão em andamento. Mais informações não poderão ser antecipadas para não comprometer o trabalho policial.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui