Crédito: Divulgação/CBPMESP

Fonte: G1

As equipes que trabalham no resgate de vítimas soterradas após deslizamentos durante o temporal que atingiu a Baixada Santista, no litoral de São Paulo, localizaram e resgataram o corpo do cabo Batalha, bombeiro soterrado enquanto ajudava vítimas na madrugada do dia 3 de março no Morro do Macaco, em Guarujá, informou nesta segunda-feira (9) o porta voz do Corpo de Bombeiros, capitão Marcos Palumbo.

Com a localização de mais um corpo, vai a 44 o número de mortos na tragédia no litoral de São Paulo. Esse número de mortos vai ser confirmado oficialmente nesta terça-feira (10). Trinta e quatro pessoas seguem desparecidas. Ao lado do cabo Rogério de Moraes Santos, Marciel de Souza Batalha morreu enquanto tentava resgatar Thatiana Lopes de Lima Gomes, de 25 anos e o filho dela, Arthur Rafael de Lima, de 10 meses, que também vieram a óbito.

É com grande pesar, que às vésperas de completar 140 anos, o Corpo de Bombeiros da PMESP informa, que na noite de hoje, 09 de março, por volta das 21h25min, foi localizado o corpo do Cabo PM Batalha, vítima de soterramento na madrugada do dia 03 de março no Morro do Macaco no município do Guarujá, quando atendia ocorrência de deslizamento em decorrência das fortes chuvas havidas.O Cabo PM Marciel de Souza Batalha, tinha 46 anos, era natural de Juiz de Fora – MG, filho de Ismael e Maria, casado com a senhora Vanessa e pai da jovem Dyane; estava nas fileiras da corporação há 20 anos e 09 dias.As informações de horário e local de sepultamento serão divulgadas assim que forem definidos. 📷COMSOC CB©️ Cb PM @douglas_arrais#MãosQueSalvam#ForcaParaSalvarVidas#CadaSegundoConta#corpodebombeirosdapmesp #corpodebombeirossp #contacomagente #saimosem30s🚒💨 #vidaporvidas #forçaparasalvarvidas #bombeiros #bomberos #firefighters #firemen #feurwehr #vigilidelfuoco #sapeurspompiers #193 #resgate #rescue#CorpodeBombeirosdaPMESP

Posted by Corpo de Bombeiros da PMESP on Monday, March 9, 2020

A nota do Corpo de Bombeiros

“É com grande pesar, que, às vésperas de completar 140 anos, o Corpo de Bombeiros da PMESP informa, que na noite de hoje, 09 de março, por volta das 21h25min, foi localizado o corpo do Cabo PM Batalha, vítima de soterramento na madrugada do dia 03 de março no Morro do Macaco, no município do Guarujá, quando atendia ocorrência de deslizamento em decorrência das fortes chuvas havidas.

O Cabo PM Marciel de Souza Batalha, tinha 46 anos, era natural de Juiz de Fora – MG, filho de Ismael e Maria, casado com a senhora Vanessa e pai da jovem Dyane; estava nas fileiras da corporação há 20 anos e 09 dias.

As informações de horário e local de sepultamento serão divulgadas assim que forem definidos.

Buscas

As buscas por vítimas soterradas continuam nesta terça. O oitavo dia de trabalho se concentra em dois morros de Guarujá, cidade mais atingida pela chuva.

As buscas em Santos e São Vicente foram encerradas no sábado (7), após os corpos de todas as pessoas desaparecidas terem sido encontradas.

Em Guarujá, 33 corpos foram localizados. Segundo o Corpo de Bombeiros, 137 bombeiros atuam nas buscas. Moradores e voluntários ajudam utilizando equipamentos de segurança como capacete e luvas. Máquinas também são usadas no local no trabalho de remoção nos morros.

No domingo (8), o comando do Corpo de Bombeiros que estava sediado na Escola Municipal Profª Dirce Valério Gracia, onde estão sendo abrigadas as famílias vítimas da tragédias, foi transferido para a Barreira João Guarda para poder auxiliar as equipes de buscas e, ainda, se aproximar da população.

Também no domingo, a Defesa Civil de Guarujá interditou mais de 140 moradias localizadas em áreas de risco em diversos pontos da cidade. De acordo com a prefeitura, a ação é realizada com o objetivo de reduzir o risco de mais deslizamentos nos morros.

Veja onde ocorreram as mortes:

  • Guarujá: 33 mortes
  • Santos: 8 mortes
  • São Vicente: 3 mortes

Ajuda do Exército

Na manhã de sábado (7), soldados do Exército chegaram à cidade para oferecer ajuda humanitária. As equipes foram para a Escola Municipal Profª Dirce Valério Gracia, onde estavam os 336 desabrigados do município. Serão cerca de 25 militares atuando na ação diariamente.

De acordo com a Defesa Civil do Estado, até a tarde deste domingo (8), havia 336 pessoas desabrigadas em Guarujá e 185 em Santos. Eles estão sendo recebidos em abrigos e escolas. Em Peruíbe, são 102 desabrigados, que deixaram temporariamente suas casas e foram recebidos no Centro Comunitário do Caraminguava.

Doações

As cidades da Baixada Santista estão recebendo doações para as famílias que foram prejudicadas pelo forte temporal. Há uma necessidade maior de doações de colchões, travesseiros e roupa de cama para as vítimas do temporal. Também são necessários itens como roupas de banho, alimentos em geral, água e produtos de higiene pessoal.

Há postos de coleta em Santos, São Vicente, Cubatão e Guarujá. Confira os postos aqui.