Data: 02/07/2014 / Fonte: Assessoria de Imprensa Motorola Solutions

No dia 2 de julho é celebrado o Dia Nacional do Bombeiro no Brasil, para homenagear aqueles profissionais que trabalham para apagar o fogo em situações que põem em perigo a vida das pessoas e seus bens.

Na mesma data, em 1856, o imperador Dom Pedro II assinava o Decreto Imperial nº 1.775, que regulamentou, pela primeira vez no Brasil, o “Serviço de Extinção de Incêndio”.

A incerteza como parte do trabalho
A rotina de trabalho dos bombeiros é uma grande incerteza. Todos os dias, quando chegam à corporação, não sabem os chamados que irão atender. Pode ser apagar um incêndio ou fazer um resgate em um prédio com pessoas presas no elevador. As situações são estressantes, e cada minuto é precioso. Os bombeiros arriscam sua vida em todos os resgates. Nesse contexto, cada elemento que faz parte de seu kit de ferramentas para o trabalho torna-se peça essencial, os quais podem fazer a diferença entre a vida e a morte. Quais elementos são essenciais em situações de emergência? Como será a atividade dos bombeiros nos próximos anos? 

Quem cuida dos nossos bombeiros?
Está claro que os bombeiros cuidam da população, mas quem cuida desses profissionais? Afinal, o trabalho requer risco permanente para esses trabalhadores, e fornecer elementos e ferramentas que podem certificar-se de seu desempenho no momento do resgate é essencial. 

Normalmente, as ações são realizadas em parceria entre a equipe de bombeiros e a central, responsável por coordenar os chamados. Por essa razão, a comunicação é definitivamente uma linha de ligação com a vida. Manter contato constante da central com as equipes externas é essencial para a coordenação adequada, para proteger a vida, tanto dos bombeiros quanto das vítimas.

Felizmente, a evolução e os avanços tecnológicos têm sido os diferenciais para ajudar a melhorar a segurança e minimizar os riscos desses trabalhadores. Um exemplo é a inclusão de sensores biométricos no uniforme, que permitem o monitoramento, pela central de controle, de sinais vitais, como pulso e frequência cardíaca. Assim, é possível identificar imediatamente quando um bombeiro precisa de ajuda ou está em apuros. Os sensores emitem um aviso diretamente para a central, para indicar a necessidade de ajuda imediata.

As informações fornecidas instantaneamente também reduzem os riscos na tomada de decisão. Hoje, há a possibilidade de enviar fotos ou desenhos do mapa do prédio diretamente para o bombeiro, para dizer qual é a melhor saída, por exemplo. O centro de comando também pode saber a localização exata de cada profissional dentro de um edifício, graças às aplicações de GPS.

Novas tecnologias continuam a ser desenvolvidas, as quais permitem, por exemplo, a transmissão de vídeo em tempo real direto do ponto focal do fogo para o comando central dos bombeiros, de modo a ajudar os homens em ação.

“A Motorola Solutions quer comemorar o Dia dos Bombeiros. Nosso objetivo é ajudá-los a melhorar a comunicação e refletir sobre a importância desses profissionais nos dias de hoje, de forma que estejam cada vez mais protegidos durante a realização do trabalho”, afirma Paulo Cunha, presidente da Motorola Solutions.

É importante acompanhar de perto a evolução dessas soluções, a fim de equipar os bombeiros com todas as ferramentas que irão melhorar sua própria segurança, quando confrontados com a tarefa de proteger os outros.

Sobre a Motorola Solutions
A Motorola Solutions é provedora líder mundial em produtos e serviços de comunicação de missão crítica para governos e empresas. Com suas inovações e tecnologia de comunicação, ajuda seus clientes a fazer o seu melhor, nos momentos que realmente importam. A Motorola Solutions opera na Bolsa de Valores de Nova York como “MSI”. Para mais informações, visite www.motorolasolutions.com.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui