Crédito: Divulgação/Corpo de Bombeiros

Fonte: G1

Crédito: Divulgação/Corpo de Bombeiros

A cadela Bala, especializada em missões de salvamento e resgate, morreu nesta sexta-feira (8) aos 12 anos.

Ela era do Corpo de Bombeiros do Espírito Santo e atuou em buscas nas tragédias de Brumadinho e Mariana, em Minas Gerais, e em enchentes no território capixaba.

Bala é da raça pastor alemão e foi o primeiro cão especializado neste tipo de missão no estado. A corporação a homenageou nas redes sociais.

“Com um currículo repleto de buscas e salvamento, ajudou a tornar o CBMES uma referência nacional na atividade. Nos emprestou com amor e lealdade a habilidade de farejar a vida. E foram muitas”, diz a postagem do Corpo de Bombeiros.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a cadela morreu de causas naturais. “Dedicou toda sua existência em salvar vidas humanas”, diz trecho da homenagem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui