Data: 01/01/2020 / Fonte: G1

Minas Gerias – Dois casos de agressão a equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram registrados nesta terça (31). O primeiro caso foi em Divinópolis, quando uma mulher atacou o motorista e a técnica em enfermagem. Em Itaúna, um homem arrancou o portão da base, invadiu e agrediu funcionários com pedradas.

A equipe recebeu um chamado em Divinópolis para atender uma mulher que teria se jogado na frente de um carro, na Avenida Governador Magalhães Pinto, no Bairro Niterói.

Foram realizados os primeiros atendimentos, e quando a vítima estava sendo colocada na ambulância para ser levada para à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), ela atacou o condutor e a técnica de enfermagem com arranhões e mordidas.

A Polícia Militar (PM) foi chamada e deu apoio na contenção da paciente para medicação com calmante, conforme orientação do médico.

Em Itaúna, a ocorrência foi registrada na base do Samu. A equipe da Unidade de Suporte Avançado (USA) estava se preparando para sair para o atendimento, quando um homem arrancou o portão do local.

Ele invadiu a base e agrediu os funcionários com pedras e obrigou a ambulância seguir para o atendimento da filha dele que estava com febre. O enfermeiro da equipe teve o braço direito lesionado por uma pedrada e após levar a criança até o hospital não teve condições de continuar no plantão.

A Polícia Militar encontrou com a equipe no hospital, onde foi registrado o boletim de ocorrência e as medidas judiciais, segundo o Samu, serão tomadas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui