Crédito: 3° BBM Rondonópolis/Divulgação

Fonte: G1

Os médicos e servidores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e uma equipe do Corpo de Bombeiros de Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, gravaram um vídeo reforçando a recomendação dos órgãos de saúde para que a população fique em casa durante a pandemia do novo coronavírus.

Segundo o coordenador do Samu, Adriangelo da Cruz Magalhães, a ideia surgiu de uma técnica de enfermagem que, após sair para atender uma ocorrência durante o plantão noturno, percebeu que muitas pessoas circulavam na cidade, sendo a maioria encontrada em bares e restaurantes.

“Não estavam aderindo ao chamado para ficar em casa e evitar a contaminação cruzada. Nós profissionais da saúde e educação também temos nossos familiares e estamos abdicando muito esse convívio. Muitos que trabalham conosco podem ser contaminados uma hora”, disse.

No vídeo divulgado pelos profissionais, após uma mensagem do coordenador e do tenente Wellington Fraga, todos dizem: ‘Nós estamos trabalhando por vocês. Fiquem em casa por nós”.

Adriangelo reforçou que a população precisa ajuda-los a evitar a propagação do vírus.

“Não queremos que as pessoas se contamine para que nós também não se contaminemos. Por isso, precisamos do apoio das pessoas para que fiquem em casa”, ressaltou.

Ainda nesta semana, enfermeiros, técnicos e médicos de hospitais em Cuiabá postaram fotos das equipes em redes sociais para incentivar cuidados e precauções. A mensagem também diz para que a população fique em casa.

Incidência no estado

Em Mato Grosso um caso da doença foi confirmado em Cuiabá. O resultado foi divulgado no fim da noite de quinta-feira (19) pela Secretaria Estadual de Saúde (SES). O Boletim Epidemiológico atualizado na quinta-feira apontou que o estado tem 58 casos suspeitos sendo investigados pela própria secretaria.

O Ministério da Saúde e as secretarias estaduais divulgam os dados atualizados no país e nos estados todos os dias a partir de 16h.