Crédito: Gilson Abreu/AEN

Fonte: G1

Cinco hotéis do Paraná, de maneira voluntária, disponibilizaram os espaços para o isolamento de profissionais da saúde, deixando de receber hóspedes comuns. A medida, segundo o governo, é para proteger os que estão diretamente ligados ao controle e tratamento do coronavírus e evitar a propagação.

Ao todo, serão 250 quartos destinados aos profissionais, espalhados por dois hotéis de Curitiba, um em Medianeira, no oeste, e dois no litoral do estado: Guaratuba e Pontal do Paraná.

Conforme o governo, a duração do acordo depende do acerto individual com cada uma das empresas. A ideia é viabilizar outras parcerias em todo o estado. O contato e o acordo com os hotéis estão sendo feitos pela Paraná Turismo.

Esterilização

Um dos hotéis voluntários, localizado no Centro de Curitiba, ficará disponível a partir de segunda-feira (23) e vai receber médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem na quarta-feira (25), após uma ação de limpeza e esterilização por parte da Defesa Civil.

O acordo vale, inicialmente, por 30 dias, segundo o governo. O trabalho de higienização começou no sábado (21).

A relação de profissionais que serão deslocados para esses espaços será definida pela Secretaria de Saúde.

Inicialmente, a intenção é que os hotéis sejam utilizados por profissionais da mesma cidade, facilitando a logística e o deslocamento.