Crédito: Arquivo GRAU

Por Bruna Klassmann/Jornalista da Revista Emergência

O Grupo de Resgate (GRAU) do Estado de São Paulo completou 30 anos salvando vidas por meio dos atendimentos que envolvem enchentes, desastres naturais, acidentes aéreos, desabamentos, incêndios de grandes proporções, entre outras emergências. Tornando-se uma referência nacional e internacional nas atividades de resgate e trauma realizados no estado de São Paulo, o GRAU teve a sua implantação oficial no dia 20 de fevereiro de 1990, mas foi em 22 de maio de 1989 que surgia em São Paulo, o Projeto Resgate, através da resolução conjunta SS/SSP nº 042, de 22/05/89, assinada entre a Secretaria de Estado da Saúde e a Secretaria da Segurança Pública.

Conforme Cecilia Damasceno, assessora especial da Secretaria de Saúde de São Paulo, responsável pelo GRAU, ao todo, desde sua formação em 1989, o GRAU foi responsável pelo atendimento de mais de sete milhões de pessoas. Nestes 30 anos, o Grupo de Resgate esteve presente em tragédias históricas, como a explosão do Osasco Plaza Shopping (1996), queda do teto da Igreja Renascer, quedas das aeronaves da TAM (1996), Gol (2006) e a dos Mamonas Assassinas (1996), além das enchentes que atingiram Santa Catarina (2008), São Luiz do Paraitinga, no interior paulista (2010) e Alagoas (2010). Ainda de acordo com Cecilia, entre as tragédias mais recentes, o GRAU auxiliou nas buscas e resgates em Brumadinho/MG (2019).

Em sua página no Facebook, o GRAU postou uma mensagem de comemoração pelos 30 anos, salvando vidas:

GRAU – RESGATE/ 30 anos

Parabéns Família. O GRAU – RESGATE completou 30 anos de história. Agradecemos a todos os que fizeram, ou ainda fazem, parte desta. Amar, Acreditar e Agir! Aumente o volume! (Credito:@mauriciocesar.oliveira) @Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo

Posted by GRAU – São Paulo on Monday, February 24, 2020