Crédito: Clóvis Perozin/ SDE

Fonte: CBMSC

O Governo montou uma equipe para o enfrentamento da estiagem que atinge o estado. O Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) faz parte do Grupo de Ações Coordenadas (GRAC), que dará apoio ao Comitê de Recursos Hídricos, avaliando e apontando a destinação de recursos e ações.

A primeira reunião sobre o assunto aconteceu na última quarta-feira, 13, na sede do Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres (CIGERD), na Capital e teve como representantes da corporação o Subcomandante-Geral, coronel Ricardo José Steil e também o Comandante da 1ª Região de Bombeiros Militar, coronel César de Assumpção Nunes.

Além do CBMSC, também fazem parte do GRAC a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável (SDE), por meio da Secretaria Executiva do Meio Ambiente (Sema), Casan, Secretaria de Estado da Agricultura (SAR), Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (SDS), Polícia Militar (PMSC), Instituto do Meio Ambiente (IMA) e Defesa Civil de Santa Catarina (DCSC).

Participação do CBMSC

O grupo de trabalho da Operação Estiagem também organizará as ações de logística para a distribuição de água para as localidades afetadas.

“A corporação já apoia alguns municípios, que solicitam o suporte para o abastecimento de reservatórios de água, para atender a população afetada e propriedades com criação de animais. Agora, com um grupo gestor, as ações serão unificadas e nós seguiremos com o monitoramento”, explica o Subcomandante.

Incêndios Florestais

Além da falta de água para abastecimento da população, outro problema gerado pelo tempo seco são os incêndios florestais, que aumentam muito perante esta situação.

No gráfico abaixo pode ser verificado o considerável aumento nos casos em relação aos outros anos, quando comparado o período entre janeiro e maio.

Crédito: Divulgação/CBMSC

Já na outra imagem os pontos representam as áreas afetadas pelos incêndios, mostrando que apenas neste ano boa parte do estado foi afetada somente até o mês de maio.

Crédito: Divulgação/CBMSC

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui