Crédito: CBMPB

Fonte: CBMPB

O Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba (CBMPB) realizou no início deste mês de outubro a aquisição de novos cães para compor o seu Departamento de Operações com Cães (DOC). Os cães adquiridos representam um investimento de aproximadamente nove mil reais, além de ser realizado um trabalho de seleção específica para cães que se habituem a atividade de busca e salvamento.

Foram adquiridos 03 filhotes de cães da raça Pastor Belga Malinóis, junto a um criador especializado para cães de trabalho, localizado no próprio Estado da Paraíba. Os filhotes, duas fêmeas e um macho, com 60 (sessenta) dias de vida, foram avaliados por uma comissão de especialistas em cães de busca e salvamento do CBMPB, para verificar as aptidões de cada um. Os cães passarão por um período de treinamento de aproximadamente um ano e meio, até estarem prontos para desenvolverem as atividades de buscas em desabamentos, buscas em áreas de rurais e matas, além de buscas por restos mortais e em grandes desastres, como o ocorrido em Brumadinho-MG, para onde, na ocasião, o CBMPB também enviou equipes para dar suporte à operação realizada.

Crédito: CBMPB

Os filhotes recém-chegados foram apresentados ao governador do Estado, João Azevêdo, e ao secretário de segurança, Jean Nunes, durante a II Expofeira de Segurança Pública, e em breve serão distribuídos entre as seções de cães de busca e salvamento de João Pessoa e de Sousa, sendo esta a mais recente inaugurada.

Sobre o DOC

A atividade de busca, resgate e salvamento com cães, foi iniciada no CBMPB a partir de 2013, sendo efetivada em 2014. Em 2019, o DOC foi criado e oficializado, pelo atual comandante geral coronel Marcelo Araújo, facilitando a implementação do serviço em outras partes do estado. Atuando hoje em todo o território paraibano e também prestando apoio a outros estados o DOC possui 11 (onze) cães e 14 (quatorze) militares e atende uma média de 60 (sessenta) ocorrências por ano, dentre elas se destacam as buscas por pessoas desaparecidas, buscas por restos mortais e atividades sócio educativas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui