Crédito: Divulgação/CBMMG

Fonte: Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais

O mundo está assustado com a pandemia causada por uma família de vírus. Países de todos os continentes têm reformulado constantemente as estratégias na tentativa de conter a disseminação do vírus pelos povos. Parece uma luta desleal. Afinal, combater um inimigo invisível é ainda mais penoso quando não se sabe muito a seu respeito.

Cientistas, médicos e pesquisadores se esforçam na corrida contra o tempo para descobrir uma forma de parar o coronavírus. Enquanto isso não acontece, cada um deve fazer a sua parte e a prevenção é consenso em todo canto do mundo.

A higiene pessoal, portanto, tem sido o método mais seguro e eficaz para se prevenir da doença infectocontagiosa. O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), tem trabalhado intensamente em soluções para mitigar a ação do Covid-19 em Minas, adotando medidas severas de contenção e enfrentamento da epidemia/surto nas cidades mineiras.

O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG), bem como outros órgãos integrantes da Segurança Pública, também têm se preparado para lidar com as situações pertinentes a epidemia que afetam os militares na atuação diária operacional e administrativa. As aglomerações do serviço administrativo foram reduzidas drasticamente ao teletrabalho e o operacional está sendo munido de Equipamentos de Proteção Individual (EPI), bem como capacitações para lidar com a adversidade.

O CBMMG continua atuando normalmente nas ocorrências operacionais, sem redução do efetivo. Nossos militares permanecem empenhados nas missões diárias, tomando os devidos cuidados, mas sempre à disposição da comunidade mineira. Quanto à comunidade, fica o nosso apelo: aos que podem, evitem ao máximo sair de casa, mas se sair for imprescindível, não se esqueça de seguir algumas dicas de higiene que podem salvar a sua vida e a de seus familiares e amigos.

Fique atento às orientações que seguem:

  • Lave as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Na falta de água e sabão, usar um desinfetante a base de álcool;
  • Evite tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
  • Evite contato próximo com pessoas doentes;
  • Cubra boca e nariz ao tossir ou espirrar;
  • Limpe e desinfete com álcool 70% objetos ou superfícies tocados com frequência.

Para mais informações sobre o Covid-19, acesse o site da Secretaria de Estado de Saúde: https://www.saude.mg.gov.br/coronavirus