Crédito: CBMERJ

Fonte: CBMERJ

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) está preparando sua tropa para realizar salvamentos de vítimas em veículos híbridos ou elétricos. O treinamento ocorreu no dia 12 de agosto, na fábrica da Nissan em Resende, e envolveu militares do Centro de Instrução Especializada de Bombeiros (CIEB), unidade vinculada a Diretoria de Instrução (DI), juntamente com 25 bombeiros de Resende, Itatiaia, Volta Redonda e Barra Mansa.

Crédito: CBMERJ

A formação abordou a realização do manejo de vidros, estabilização veicular, produção de técnicas para criação de acesso e realização de simulados operacionais buscando aprimorar a tática em equipe.

–  É fundamental capacitar nossos bombeiros quanto às novas tecnologias elétricas, uma vez que, segundo o Anuário Brasileiro da Mobilidade Elétrica, já são mais de 40 mil veículos desse tipo rodando no país. Neles, o resgate envolve peculiaridades e riscos diferentes dos resgates veiculares tradicionais. Para se ter uma ideia, esses veículos possuem tensões que podem chegar em média a 600 volts, o que exige da equipe de bombeiros um manejo mais cuidadoso no veículo, evitando cortar cabos de cor laranja, por exemplo. Além disso, estudos já realizados nos Estados Unidos mostram que os incêndios ocorridos nesses veículos possuem uma maior agressividade, devido à presença das baterias de íons de lítio – declarou o Major Fábio Contreiras, Comandante do Centro de Instrução Especializada de Bombeiros.

Esta é a primeira vez que a corporação realiza de um treinamento específico com veículos elétricos. Os militares puderam conferir as principais características, seus pontos de avaliação no momento de um resgate, além dos procedimentos para desligamento do sistema de energia e como proceder nas intervenções.

– Os carros elétricos estão chegando ao mercado brasileiro. A tecnologia tem inúmeros pontos positivos, como a questão ambiental, o baixo consumo e a segurança, mas traz novos parâmetros para manutenção e resgate. A ideia é alinhar os procedimentos de salvamento e a parceria com a Nissan serve para entender como fazer uma operação segura nesse tipo de resgate – finalizou o tenente coronel Monnier, Subdiretor de Instrução do CBMERJ.

Crédito: CBMERJ

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui