Crédito: Divulgação

Fonte: CBMMG

Nos dias 15 e 16 de julho de 2021, o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) e presidente da Ligabom, coronel Edgard Estevo da Silva, esteve na capital federal para o cumprimento de agendas no Ministério da Justiça e Segurança Pública e no Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal.

A primeira agenda contemplou reunião com o chefe de gabinete do ministro da Justiça e Segurança Pública, brigadeiro Antônio Ramirez Lorenzo. Algumas demandas foram levadas à apreciação da autoridade, como por exemplo, o apoio do Ministério da Justiça em questões relativas ao aprimoramento do atendimento pré-hospitalar prestado por bombeiros militares, com o estabelecimento de previsão legal de destinação de recursos oriundos de emendas parlamentares contabilizados dentro do percentual obrigatório de saúde que adicionarem valores transferidos à rede do SUS para atendimento pré-hospitalar prestados por meio de ações de Suporte Básico e Suporte Avançado de Vida pelos Corpos de Bombeiros Militares dos estados e do Distrito Federal.

Outro pleito foi a atualização das normativas (Portaria 2048/2002, Portarias de Consolidação e Portaria 1010/2012 do Ministério da Saúde), prevendo incentivos financeiros, por ambulância tipo B, C, D e E, tripulada por bombeiros, que compõem a rede de urgência e emergência e em tecnologia de informação. O pleito tem por finalidade a ampliação e renovação de frota, além de possibilidade de habilitação/qualificação das equipes nos moldes semelhantes ao que ocorre para o Samu e melhoria do fluxo de informações entre a Central de Regulação do Samu e CBMMG.

Num segundo momento, o comandante-geral reuniu-se com o secretário-adjunto da Secretaria Nacional de Segurança Pública, coronel Juruébi de Oliveira Júnior, para articulação de pautas importantes para a evolução dos Corpos de Bombeiros Militares do Brasil.

Finalizando os trabalhos do dia, foi cumprida agenda na Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça – SEOPI/MJSP, ocasião em que estiveram presentes o Secretário de Operações Integradas, Alfredo de Souza Lima Coelho Carrijo, acompanhado de sua assessoria técnica. Na reunião foram tratados ajustes do Plano Nacional de Mobilização de Combate a Incêndios em Vegetação, sobre os quais a Ligabom levou questionamentos a serem elucidados.

Outra pauta foi a apresentação de uma proposta da Ligabom para viabilização de uma Operação Bombeiro Militar de Prevenção a incêndios em edificações em todos o território Nacional.

Crédito: Divulgação

Comandante-geral é agraciado no Distrito Federal  

No dia 16 de julho, o comandante-geral coronel Estevo foi agraciado em solenidade realizada no quartel do Comando-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal, com a comenda da Ordem do Mérito Bombeiro Militar do Distrito Federal “Imperador Dom Pedro II” no grau Comendador, a mais alta honraria da corporação.

Além do Comandante-Geral, também foram agraciados com a comenda no grau Cavaleiro, dois bombeiros militares de Minas Gerais, Capitão Eudes, subchefe do núcleo administrativo do 2º Comando Operacional de Bombeiros e Capitão Haendell, chefe da Seção de Planejamento do 5º Batalhão de Bombeiros Militar (5º BBM). Estiveram presentes, além de comandantes-gerais de seis corporações bombeiro militar, o governador em exercício do Distrito Federal, além de diversas autoridades civis e políticas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui