Data: 23/02/2010 / Fonte: CBMMT

Mato Grosso – O 1º Batalhão de Bombeiros completou neste domingo, 21, 34 anos de criação. Para comemorar a data o comandante da unidade, tenente-coronel Alessandro Ferreira, realiza nesta quinta-feira, 25, juntamente com o Comando Geral, na Praça das Bandeiras em Cuiabá, uma formatura alusiva ao dia.

A área de atuação da unidade compreende os municípios de Barão de Melgaço, Santo Antonio do Leverger, Chapada dos Guimarães, Acorizal, Nobres, Rosário Oeste, Planalto da Serra e Nova Brasilândia, têm a 2ª Companhia localizada no bairro CPA IV, a 3ª Companhia no trevo de acesso a Santo Antonio do Leverger como sub-unidades subordinadas.

História

A história do 1º Batalhão começa a ser traçado no dia 06 de maio de 1974 quando o coronel Euro Barbosa de Barros, na época comandante Geral da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso, mobilizou junto a câmara de vereadores, a criação de um quartel do Corpo de Bombeiros, tendo em vista o crescimento do município de Cuiabá e, consequentemente o aumento de ocorrências de incêndio, procurando buscar junto a prefeitura municipal e ao governo estadual recursos para a construção.

No dia 17 de dezembro de 1974, saiu no Diário Oficial o resultado do Edital para a construção do quartel em Cuiabá, com a Construmat LTDA-Engenharia e comércio responsável pela construção, porém ainda não tinha área definida.

Então conforme o Decreto nº 61, de 30 de Maio de 1975, é desapropriada uma área de 10.189,28m2, destinada a construção do prédio para instituir a sede do Corpo de Bombeiros de Cuiabá, localizado na Agrícola Paes de Barros com Rua número 9.

Após o decreto supracitado de Maio de 1975, começou a ser construído o Quartel de Bombeiros de Cuiabá mais tarde iria se chamar Primeiro Grupamento de Incêndio do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Mato Grosso. Com isso no dia 21 de fevereiro de 1976, é inaugurado o Primeiro Grupamento de Incêndio do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Mato Grosso, no governo do Garcia Neto. Após a emancipação do Corpo de Bombeiros em 1994 o primeiro grupamento de incêndio passou a nomenclatura de 1º Batalhão de Bombeiros Militar.

Entretanto, em seu “Jubileu de Prata”, quando completou 25 anos, conforme decreto de fevereiro de 2001, o então 1º Batalhão de Bombeiro Militar passou a denominar-se “Batalhão Cacique”, em homenagem ao fundador da instituição, coronel PM RR Amilton Sá Corrêa, “O Cacique!”.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui