Data: 27/05/2019 / Fonte: Corpo de Bombeiros de Minas Gerais

Belo Horizonte/MG – Na última sexta-feira (24), o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) e atores da Segurança e Defesa Civil promoveram o VI Seminário Internacional de Gestão de Risco de Desastres, um tema que tem dominado a mídia brasileira e internacional.

Na abertura do Seminário, o Comandante-Geral do CBMMG, Coronel BM Edgard Estevo da Silva, falou sobre a importância do evento e agradeceu aos participantes por estarem dedicando o seu tempo para ampliar os conhecimentos sobre o gerenciamento de crise em caso de desastres naturais. O Chefe do Gabinete Militar do Governador (GMG), Coronel PM Evandro Geraldo Ferreira Borges, destacou a importância das pessoas e organizações sempre estarem atentas ao tema, buscando um aperfeiçoamento constante das técnicas e procedimentos. Em sua fala, o senhor Wilson Brumer, cônsul-geral honorário do Japão em Belo Horizonte, enalteceu a importância e benefícios da parceria entre o Brasil e o Japão.

O evento contou com a presença de palestrantes do exterior e bombeiros militares com formação internacional em desastres. Participaram do Seminário o Secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, Coronel PM Alexandre Lucas Alves, o Comandante da Academia de Bombeiros Militar (ABM), Coronel BM William da Silva Rosa, o Capitão BM Arthur Fábio Ferreira, o Capitão BM Rafael de Figueiredo Barbosa, o 1º Tenente BM Paulo Henrique Camargos Firme e o senhor Hiroteru Murayama, da Embaixada do Japão.

As parcerias do CBMMG com a Associação de Cooperação em Ciência e Tecnologia Brasil-Japão (ACCTBJ), Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA), Escritório do Cônsul Geral Honorário do Japão em Belo Horizonte e, ainda, Gabinete Militar do Governador/Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (GMG/CEDEC) proporcionaram a realização de mais um evento que não poderia ser mais oportuno.

Tendo em vista os desastres socioambientais no cenário mineiro nos últimos meses, o debate e a capacitação sobre o assunto tornam-se fundamentais na construção de um estado cada vez mais capaz de evitar e superar catástrofes.
A 6ª edição do Seminário ampliou o planejamento do governo mineiro em incutir no Estado de Minas Gerais a cultura da campanha de cidades resilientes, lançada em 2010 pela Organização das Nações Unidas (ONU).

O evento, aberto a um público diverso composto por bombeiros militares, agentes de defesa civil, estudantes e profissionais do ramo, permitiu a capacitação dos participantes para atuarem como multiplicadores do tema em suas respectivas regiões. Foram discutidas estratégias de preparação de cidades para desastres, fluxos orçamentários envolvendo níveis municipais, estaduais e federais de Defesa Civil, entre outros assuntos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui