Data: 13/06/2019 / Fonte: Corpo de Bombeiros de Minas Gerais

Poços de Caldas/MG – Na primeira semana de junho, militares da 1ª Companhia Independente realizaram uma simulação de ocorrência de rompimento de barragem de rejeitos de bauxita da empresa Alcoa Alumínio/AS, no município de Poços de Caldas. A atividade teve a participação de integrantes da Empresa Alcoa, Defesa Civil de Poços de Caldas, 29º BPM (PMMG), 18ª Cia Ind PM (PMMG), 6º Brave (PMMG), SAMU, Guarda Municipal, entre outros.

A Promotoria de Justiça do Município também acompanhou e analisou critérios de efetividade e legalidade das ações de proteção e socorro aos moradores da área de risco e ao meio ambiente através do PAE – Plano de Ações Emergenciais. O Comandante da 1ª Cia Ind, Major Rodrigo Paiva de Castro, esteve presente como Comandante do incidente.

Houve adesão dos principais Órgãos de Proteção e Defesa Social do Município, que contou com a participação de mais de 50 agentes dos diversos órgãos envolvidos e 79 moradores da área de risco. Houve também a atuação direta de várias viaturas e ambulâncias que percorreram as residências cadastradas, evacuando os moradores para as ZAS – Zonas de Auto Salvamento e contou inclusive com a atuação do Helicóptero do 6º BRAVE (PMMG).

Toda a área de risco foi evacuada em menos de 30 minutos, sendo que o tempo estimado para ser atingida pelos rejeitos seria de 01 hora e 30 minutos. Em uma avaliação geral, o simulado foi muito próximo de uma situação real e o desenvolvimento do Plano de Ações Emergenciais foi muito eficiente para o salvamento dos moradores da área de risco, animais de estimação e criações, e foi muito importante para a harmonização das ações conjuntas entre os órgãos envolvidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui