Por Paula Barcellos/Jornalista da Revista Emergência

Acontece hoje a Reunião da SBAIT (Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado) sobre “Segurança da Cena e Mecanismo de Trauma: as informações que o pré-hospitalar deve repassar para o intra-hospitalar”.  O convidado é Roberto Stefanelli, médico e diretor do GRAU SP (Grupo de Resgate e Atenção às Urgências e Emergências). “A ideia da reunião é passar informações importantes, principalmente para os colegas do intra-hospitalar, sobre os conceitos do atendimento pré-hospitalar. É comum que o colega do hospital ouça os relatos dos profissionais do pré-hospitalar e, por nunca ter frequentado este ambiente, não valorize ou compreenda as dificuldades do atendimento fora do hospital”, destaca.

Segundo o médico, o pré-hospitalar é, habitualmente, um ambiente com certa insegurança, com dificuldades de iluminação (escuro ou muito sol), variações do clima (frio, calor, chuva) ou até mesmo perigos inerentes ao local (agressores, trânsito, trens circulando, entre outros fatores).

A reunião traz um ponto importante ainda no repasse entre os serviços que é estudo do Mecanismo de Trauma, atualmente chamado de física do trauma, que é relativo à história do paciente traumatizado. “As informações da ‘história’ mecânica ou física do trauma serão importantes para o desenvolvimento do atendimento intra-hospitalar”, explica Stefanelli.

A reunião será transmitida pelo Facebook da SBAIT ou pelo Zoom, das 18h às 19h30.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui