B5/5°GB
Data: 22/08/2016 / Fonte: Corpo de Bombeiros do Paraná

Paraná – O 5º Grupamento de Bombeiros deu início nesta segunda-feira, 22, da 1ª SESALV, Semana de Salvamento Veicular. O curso conta com a participação de bombeiros militares de sete cidades do Paraná e de dois representantes da concessionária de rodovia VIAPAR. As instruções serão realizadas no pátio do 5ºGB entre os dias 22 a 26 de agosto.

Destaca-se no evento o corpo de ensino. Dentre os instrutores convidados estão o Cap. Bernardes e o Subten. J. Carlos, ambos do Corpo de Bombeiros da Policia Militar do Estado de São Paulo, corporação pioneira e referência a nível brasileiro no campo de veicular. Estarão presentes também os Tenentes Schinzel e Fidalgo, do 2ºGB – Ponta Grossa, integrantes da organização do WRC 2016 (World Rescue Challenge – Campeonato Mundial de Resgate). O Ten. Perdoncini, integrante do 5ºGB, possui o curso de salvamento terrestre pelo Corpo de Bombeiros da Polícia Militar de São Paulo. E, como o atendimento pré-hospitalar é fundamental no cenário de vítimas presas em ferragens, foi convidado o coordenador médico da VIAPAR, Maurício Lemos Medeiros, profissional de referência no atendimento ao paciente traumatizado.

O Salvamento Veicular são medidas e procedimentos utilizados afim de encontrar, acessar, estabilizar, remover e transportar vítimas que estejam presas às ferragens em um veículo acidentado. O Corpo de Bombeiros utiliza de equipamentos especiais, como por exemplo, desencarceradores, ferramentas hidráulicas com alta capacidade de corte ou expansão. Neste salvamento também é usado a serra sabre, ferramenta com lâminas afiadas que conseguem cortar as ferragens dos veículos.

Em 2015, o 5ºGB atendeu 7.887 ocorrências de acidente de trânsito, que resultaram em 146 mortes e 9.690 feridos. É uma estatística alarmante: mais de 26 feridos por dia, um morto a cada 60 horas. Diante dessa realidade, o treinamento é o pilar para propiciar uma intervenção adequada, dentro das técnicas e com o menor tempo de resposta possível.

O evento é apoiado pela CONASV (Comissão Nacional de Salvamento Veicular) e também da ABRES (Associação Brasileira de Resgate e Salvamento). Para o treinamento,  serão utilizados 20 veículos para corte, uma empilhadeira para montagem instantânea de cenários e, barreira de concreto tipo New Jersey para simulação de ocorrências.

Outro ineditismo deste treinamento é a integração entre o Corpo de Bombeiros e a VIAPAR, concessionária de rodovias da região. A busca pela parceria entre uma corporação pública e uma empresa privada calca-se no tangenciamento de missões: atender vítimas presas às ferragens. Como o Corpo de Bombeiros, a VIAPAR depara-se, incontáveis vezes, com ocorrências com vítimas presas nas rodovias que estão sob sua concessão. Portanto, trabalhar alinhada ao cenário internacional e nacional é fundamental a VIAPAR. E, para tanto, a integração almejada pelo treinamento é padronizar condutas, técnicas e táticas para realizar o salvamento, uma vez que não é raro o atendimento conjunto de ocorrências.

Para possibilitar um evento dessa magnitude, foram fundamentais o patrocínio e apoio dos seguintes órgãos e empresas: VIAPAR, DETRAN/PR, Receita Federal, 4º Batalhão de Polícia Militar, SANEPAR, Reidrat, Polaco Locações, SOS Sul, Ingraph, ABRES, CONASV, LPM Eventos.

Na sexta-feira, para encerrar a semana didática, ocorrerá um simulado, a partir das 10h, no estacionamento do estádio Willie Davids

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui