Data: 20/06/2016 / Fonte: G1

Rio de Janeiro/RJ – A organização dos Jogos Olímpicos de 2016 fez, neste domingo, um simulado da operação que será usada no dia da cerimônia de abertura do evento, que será realizada no dia cinco de agosto, no Maracanã. Na atividade, 350 agentes de segurança do município e estado do Rio de Janeiro e de forças federais participaram dos testes nas regiões norte, sul, oeste e no centro da cidade. A coordenação ficou por conta da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos do Ministério da Justiça e Cidadania (SESGE/MJ).

Cerca de 11 mil atletas estarão na abertura da competição e terão escolta especial, assim como chefes de estado e pessoas ligadas à organização do evento. Diretor de projetos especiais da Polícia Federal, Felipe Seixas mostrou-se satisfeito com o simulado e destacou que o cronograma será cumprido com rigidez.

– A gente precisa ter uma operação absolutamente cronometrada. Além do êxito na atividade deste domingo, também conseguimos testar as cadeias de comando e controle, a forma de comunicação e o fluxo de comunicação – disse.

A operação integrada de segurança para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio de Janeiro terá início no dia 5 de julho. Ao todo 85 mil profissionais atuarão em conjunto, sendo 47 mil agentes de segurança pública, da defesa civil, do ordenamento urbano e 38 mil militares. O Ministério da Justiça investirá R$ 350 milhões para garantir a segurança durante os eventos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui