Data: 19/07/2016 / Fonte: Corpo de Bombeiros do Espírito Santo

Vitória/ES – De 19 a 23 de outubro, a cidade de Curitiba, no Paraná, receberá o Desafio Mundial de Resgate veicular, que será disputado pela primeira vez no Brasil. E a equipe do Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo (CBMES) tem chances reais de representar o país no evento. O objetivo é estimular a qualificação das equipes de salvamento para reduzir o número de vítimas fatais em acidentes de trânsito.

Promovida pela Associação Brasileira de Resgate e Salvamento (ABRES) a competição reunirá cerca de 1.000 profissionais em equipes nacionais e internacionais, além de especialistas, estudantes e público em geral.

O desafio é uma iniciativa da Organização Mundial de Resgate (WRO), fundada em 1999, sem fins lucrativos, que incorpora as organizações nacionais de resgate com o ponto de vista da valorização e da manutenção de procedimentos de emergência e técnicas para lidar com acidentes de trânsito e situações de trauma.

É a maior competição mundial envolvendo resgate veicular e ocorrerá pela primeira vez na história em território brasileiro. O evento vai reunir as melhores equipes de resgate do mundo e promover a troca de experiências, estimular novas técnicas e uso de novos equipamentos e preparar profissionais para reduzir a mortalidade de acidentes por meio de uma atuação cada vez mais qualificada. Para a edição de 2016 delegações de 38 países já confirmaram presença.

O Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São Paulo, por meio da Escola Superior de Bombeiros (ESB), promoveu juntamente com a ABRES o Desafio Nacional de Resgate Veicular e Trauma tendo por objetivo, além de testar as equipes brasileiras, selecionar duas equipes de resgate veicular e duas de trauma que representarão o Brasil no desafio mundial – WRC – 2016.

“A equipe capixaba obteve na seletiva nacional um brilhante 4º lugar e, considerando que algumas nacionalidades não virão e que as vagas remanescentes serão destinadas aos países em desenvolvimento, esperamos em breve recebermos a “boa nova” de que comporemos a delegação brasileira no mundial”, disse o coordenador da equipe, tenente-coronel Ribeiro.

Para o coordenador, a colocação da equipe capixaba na etapa nacional é motivo de orgulho.”Estar entre as 5 melhores equipes do país nos traz uma satisfação muito grande já que utilizamos na competição somente a doutrina ensinada nos nossos cursos de formação, sem encenação ou direcionamento baseado nas fichas de avaliação. Em outras palavras, isso significa que as técnicas utilizadas nos salvamentos veiculares nas rodovias de nosso estado estão alinhadas com o que se tem de melhor no mundo”, finalizou o coronel Ribeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui