Divulgação/Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro
Data: 19/07/2016 / Fonte: Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro

Rio de Janeiro/RJ – Entre os dias 5 e 9 de julho, seis militares de diversas unidades operacionais do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) participaram do Desafio Nacional de Salvamento Veicular e de Trauma na Escola Superior de Bombeiros de São Paulo. O objetivo do evento foi promover a troca de experiências entre os profissionais e aperfeiçoar as técnicas de atendimento de vítimas.

Ao todo, participaram 22 equipes para o desafio de Salvamento Veicular e 21 equipes para o desafio de Trauma. A atividade também serviu como seletiva para o World Rescue Challenge, conhecido como Desafio Mundial de Salvamento Veicular, que já ocorre desde 1999. 

De acordo com o comandante do Centro de Suprimento e Manutenção de Material Operacional (CSM/MOP) e técnico da equipe CBMERJ no Desafio Nacional, tenente-coronel Bruno Luiz, o evento superou as expectativas.
– Trocar informações com 250 bombeiros oriundos de diversas localidades do país, compreender suas dificuldades e aprender com boas práticas operacionais só reforça nossa responsabilidade em buscar o aprimoramento técnico constante na melhoria do serviço prestado à população fluminense – afirmou o tenente-coronel.

A equipe do CBMERJ foi representada pelos seguintes militares: capitão Edgard Neto (1º GSE), capitão Ygor Paraíso (GOCG), capitão Igor Bacelar (GBS), subtenente Ventura (CIEB), subtenente Leandro Lessa (1º GSE) e o cabo Ricardo Soares (GBS).

Conclusão de curso – O evento contou ainda com a conclusão do Curso de Avaliadores da Organização Mundial de Resgate (WRO), que teve a participação de 27 bombeiros militares de diferentes corporações e que atuaram como Avaliadores no Desafio Nacional. Participante da equipe que coordenou o evento, como representante do CBMERJ, o capitão Fábio Contreiras, comandante do Centro de Instrução Especializada de Bombeiros (CIEB), avaliou o panorama geral do evento:

– O Desafio de Salvamento Veicular é um caminho extremamente positivo para a nossa corporação. Apesar da proposta inicial de ser uma competição, o objetivo do evento em si é mudar o comportamento operacional diário de cada bombeiro. Além de ser de fácil aprendizagem, motiva o militar e mostra que é possível aplicar verdadeiramente os conhecimentos no dia a dia de nossa profissão – expôs.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui