Data: 20/09/2017 / Fonte: Governo de João Pessoa

João Pessoa/PB – Os agentes comunitários de saúde (ACS) participaram nesta quarta-feira (20) de uma capacitação sobre atualização das práticas de trabalho e primeiros socorros, ministrada por profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência (Samu). A qualificação faz parte da série de capacitações aos profissionais da Atenção Básica promovida por meio do Programa Gerente Saúde.

Implantado desde maio em toda a rede que é composta por 195 equipes, distribuídas em 98 Unidades de Saúde da Família (USF), o programa estabelece uma série de medidas para aumentar a eficiência nos postos de saúde, gerando mais qualidade nos serviços oferecidos, o que já vem sendo constatado através do Monitoramento do Índice de Satisfação dos Usuários.

Gilberto Santos é um dos agentes que participou da segunda turma e, para ele, a capacitação vai agregar conhecimentos ao trabalho desenvolvido na comunidade. “É muito importante a realização de qualificação para que possamos evoluir em nosso trabalho. Por exemplo, saber quais casos devem ser atendidos pelo Samu e quais devem ser atendidos na unidade de saúde”, disse ele que atua na Unidade de Saúde da Família (USF) José Américo III Integrada.

Ao todo, mais de 800 agentes já se inscreveram para as capacitações. Essa foi a segunda de sete turmas de ACS que serão capacitados. A iniciativa é da SMS, sendo voltada aos profissionais envolvidos na rede da Atenção Básica para melhorar o atendimento aos usuários e ofertar uma melhor qualidade de vida à população.

Já foram capacitados recepcionistas, auxiliares de farmácia, médicos, enfermeiros e fisioterapeutas do Núcleo de Apoio a Saúde da Família (NASF) e do Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD), conforme sua área de atuação.
“Os agentes comunitários de saúde são a ponte do usuário com a rede municipal, pois já fazem parte da comunidade e estão em contato permanente com as famílias por meio das visitas de rotina que realizam, contribuindo para o processo de humanização do atendimento”, afirmou Ana Giovana Medeiros, secretária adjunta de Saúde.

Gerente Saúde – O programa foi lançado em fevereiro de forma piloto, mas todas as 98 USFs já contam com a presença de um Gerente Saúde. Eles atuam como agentes multiplicadores de um serviço mais humanizado oferecido pela PMJP e facilitam os serviços para que os pacientes não demorem aguardando a realização de consultas e exames, geram economia de recursos, materiais e de tempo, além de criarem um vínculo especial dos usuários com a rede. O projeto, pioneiro em todo o Estado, é fruto da persistência, acompanhamento e diálogo que a atual gestão imprimiu à Saúde na busca por mais resultados.

Junto ao Gerente Saúde, o prefeito também anunciou a construção de 16 novas USFs, em um investimento de R$ 12 milhões, para oferecer uma melhor estrutura e garantir um novo padrão de qualidade a todas as unidades. Ao assumir a PMJP, em 2013, 30% das USFs estavam interditadas, mas entre recuperadas, ampliadas ou construídas desde aquele ano, já se somam 25 unidades.  Na manhã desta terça-feira (19), o prefeito Luciano Cartaxo entregou a reforma da USF, com a ampliação dos espaços, novas salas e climatização, gerando mais conforto aos usuários.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui