Divulgação/Corpo de Bombeiros do Maranhão
Data: 09/07/2016 / Fonte: Corpo de Bombeiros do Maranhão

Caxias/MA – Em parceria com o Núcleo de Educação permanente do serviço móvel de atendimento de urgência (NEP/SAMU 192), o 5º Batalhão de Bombeiros Militar (5° BBM), sediado na cidade de Caxias, a 362 quilômetros da capital, promoveu, entre os dias 4 e 8 de julho, o curso de atendimento pré-hopistalar (APH). As instruções ocorreram no auditório da SAMU e nas dependências Instituto Educacional Maciel da cidade.

Diversos profissionais como médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagens do SAMU de Caxias, além do 2° Sargento QPBM Pacheco, enfermeiro e militar pertencente ao 5° BBM, fortaleceram o quadro de instrutores do curso proporcionando um valioso aprendizado aos alunos.

Participaram do curso, bombeiros Militares do 5° BBM e 7° BBM, Bombeiros Civis, Guarda Municipais, Enfermeiros, Técnicos de Enfermagem, Condutores de ambulâncias do SAMU e acadêmicos de Medicina da UEMA.

O objetivo da realização do curso foi aperfeiçoar os profissionais que prestam esse serviço de emergência à sociedade, além de estabelecer procedimentos para o atendimento pré-hospitalar mais rápido e eficiente às vítimas. Através de atualizações na estrutura pedagógica do curso, foi oportunizado aos alunos o contato e a vivência com o APH móvel, fortalecendo os princípios básicos do Sistema Único de Saúde (SUS) relacionado às Redes de Atenção às Urgência.

De acordo com o Major Hérisson Mouzinho, comandante do 5° BBM, iniciativas como essa deverão acontecer novamente ainda esse ano, para que o sistema de atendimento de emergência, composto por esses profissionais, fique ainda mais fortalecido. “Esse foi o primeiro de muitos cursos que realizaremos nesse ano com parceria das instituições de segurança pública e com serviços de emergências ao cidadão, eventos como esse servem para garantir a capacitação, qualificação e aperfeiçoamento profissional dos bombeiros juntamente com outros profissionais dessa área, proporcionando uma melhora na qualidade do atendimento à população”, declarou o major.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui