Em alguns lugares do país, durante a estação das chuvas, a quantidade de cobras se multiplica, tanto em áreas rurais, quanto em áreas urbanas, devido à maior incidência de seu principal alimento: o rato. Vale ressaltar que algumas espécies são extremamente venenosas e uma picada pode levar o ser humano a óbito. Seguem abaixo algumas dicas de segurança contra ataques de cobras:

Ação preventiva

  • Geralmente, as cobras só atacam um ser humano quando se sentem ameaçadas. Por isto, ao avistar uma cobra desvie do caminho dela;
  • Mantenha seu quintal sempre limpo e não acumule lixo ou restos de materiais de construção;
  • Não estacione seu veículo próximo a matos, lagoas, lugares escuros ou úmidos.

Cuidados em trilhas ou acampamentos

  • Quando for fazer uma trilha ou outra atividade no meio da mata use EPI (Equipamento de Proteção Individual) como botas de cano longo e luvas de punho alongado, além de um bastão ou vara longa para manipular objetos ou mato, de modo a manter-se distante, no caso de um ataque de cobra;
  • Preste muita atenção onde coloca as mãos quando for se apoiar para pegar impulso ou até mesmo na hora do descanso;
  • Se for acampar, procure limpar o local onde irá montar a sua barraca, tirando gravetos, folhas mortas, cascas de árvores. Faça esta limpeza com cuidado, pois cobras e outros animais peçonhentos costumam ficar escondidos nestes locais durante o dia; 
  • Cobras gostam de se abrigar em locais quentes, escuros e úmidos. Por isto, se deixar seus sapatos fora da barraca, antes de colocar certifique-se de que não há nenhuma intrusa.

Em caso de picada

  • Chame o SAMU (192) ou os Bombeiros (193) imediatamente ou, caso não tenha estes serviços disponíveis, leve a vítima o mais depressa possível à unidade hospitalar mais próxima; 
  • Mantenha o membro que foi picado imóvel, pois, quanto mais movimentar, mais o veneno poderá se espalhar pelo corpo e chegar em vários órgãos vitais;
  • O ideal é que a vítima não caminhe e seja transportada por maca até ao hospital;
  • Se estiver aguardando o socorro, mantenha a vítima deitada e o mais calma possível e lave o local com água e sabão;
  • Mantenha a vítima hidratada, dando pequenos goles de água;
  • Se possível, tire uma foto da cobra ou anote as principais características para apresentar aos médicos. 

Nunca tente capturar uma cobra. Caso aviste uma em sua casa chame, imediatamente, o Corpo de Bombeiros (193).

Fonte: Corpo de Bombeiros Militar do Ceará 

Arte: Beto Soares/Estúdio Boom