Crédito: Aleks333 / Shutterstock

Por Paula Barcellos/Editora e Jornalista da Revista Emergência

Escolha e uso adequado das mangueiras de combate a incêndio dependem de treinamentos para evitar acidentes com operadores e o mau funcionamento dos equipamentos

Não dá para imaginar incêndios sem a aplicação adequada de inúmeros sistemas de prevenção e combate, entre eles, as mangueiras. Usadas em sinistros em edificações industriais, comerciais e residenciais, elas canalizam o agente extintor que sai de uma fonte direcionando-o até o local onde ocorre o incêndio. “As mangueiras de incêndio e os demais acessórios de combate a incêndio como esguichos, derivantes, chaves de mangueira, dentre outros, são recursos importantes para ações de controle de incêndios, quer sejam conectadas a hidrantes ou caminhões de combate a incêndio, de forma a levar o agente extintor (água e/ou espuma) da reserva técnica para a frente de combate, com fins de controlar e apagar o incêndio ou permitir proteção para avanço, acesso e resgate de vítimas em locais sinistrados”, conceitua Marco Aurélio Nunes da Rocha, graduado em Química e em Segurança, pós-graduado em Gerenciamento de Emergências e Desastres e em Segurança contra Incêndio e Pânico.


Confira a reportagem completa na edição de maio/julho da Revista Emergência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui