ARTIGO
Proteção Contra Incêndio

ILUSTRAÇÃO:
Beto Soares/Estúdio Boom

AUTOR: Vinicius da Rosa Pepe

Estudo aborda a importância do controle e extração de fumaça em diversas edificações

REFERÊNCIAS
BRETANO, Telmo. A Proteção Contra Incêndios no Projeto de Edificações. 2. ed. Porto Alegre: 2010

SEITO, Alexandre Itiu. et al. A Segurança Contra Incêndio no Brasil. 1. ed. São Paulo: Projeto Editora. 2008

FRANCISCO, Vanessa Pacola. Kalil, Marli. Inspeção de Sistemas de Prevenção e Combate a Incêndios. Florianópolis: 2013

SÃO PAULO. Corpo de Bombeiros. Instrução Técnica nº 15 – Controle de Fumaça. São Paulo: 2004

PARANÁ. Corpo de Bombeiros. Norma de Procedimento Técnico nº 15 – Controle de Fumaça. 2. Ed. Paraná: 2012

RIO GRANDE DO SUL. Assembleia Legislativa.  Corpo de Bombeiros. Lei Complementar nº 14.376, de 26 de dezembro de 2013. (atualizada até a Lei Complementar n.º 14.555, de 2 de julho de 2014). Rio Grande do Sul: 2014

—————————————————————————————————————————————-
ARTIGO
Sistema de Comando de Incidentes

AUTOR:
Vinícius Oliveira Braz Deprá

FOTO
Arquivo CBMRS

Estudo aborda a importância da utilização do SCI no Brasil e adoção de estratégias para institucionalização no Estado do Rio Grande do Sul


REFERÊNCIAS
BRASIL. Planejamento Estratégico de Segurança para a Copa Do Mundo Fifa Brasil 2014. Brasília, 2012.

______. Política Nacional de Proteção e Defesa Civil. Brasília: Ministério da Integração Nacional, 2007.

BRITO, Marco Negrão; ESTEVES JR., Hamilton Santos. Sistema de Comando de Incidentes. Brasília: EAD/SENASP/MJ, 2008.

CEDEC/RS. Defesa Civil, Comissão Estadual P2R2 e órgãos convidados realizam simulado de acidente químico rodoviário em Gravataí.  Disponível em: http://www.defesacivil.rs.gov.br/sgdc/MMidias/NoticiaSite2.asp?idnoticia=247662&v=1. 2013. Acesso em: 15 set2014.

CLICKRBS. Casal desaparece após ficar ilhado no Sítio da Família Lima no Vale dos Sinos. 2011. Disponível em: . Acesso em: 05 ago 2014.

DEPRÁ, Vinícius Oliveira Braz; FARIAS, Márcio. Aplicação do Sistema de Comando de Incidentes na Gestão de Riscos. Porto Alegre: Escola de Bombeiros do RS – ESBO, 2015.

DIAS, Everton de Souza. A Efetividade da Implementação da Política Nacional de Defesa Civil no Estado do Rio Grande do Sul. Dissertação apresentada ao Curso de Pós-Graduação Stricto Sensu em Desenvolvimento, Linha de Pesquisa: Gestão de Organizações para o Desenvolvimento, da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – UNIJUÍ, 2010.

DISTRITO FEDERAL. Manual de Sistema de Comando de Incidentes – SCI. Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal: CBMDF, 2011.

MOYNIHAN, Donald P. The Network Governance of Crisis Response: Case Studies of Incident Command Systems.Universityof Wisconsin: Madison, 2009. Disponível em: <http://www.lafollette.wisc.edu/facultystaff/moynihan/JPART194.pdf>. Acesso em: 20 ago.2014.

MAMEDE, Antonio Augusto do Canto. A influência da cultura organizacional nos processos de mudança. Disponível em  <http://www.slideshare.net/antonioaugustomamede/cultura-organizacionalantoniomamede>. Acesso em: 27 set. 2013.

OLIVEIRA, Marcos de. Manual de Gerenciamento de Desastres. Florianópolis: Ministério da Integração Nacional, Secretaria Nacional de Defesa Civil, Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Universitário de Estudos e Pesquisas sobre Desastres, 2009.

UNITED STATES. Incident Management Handbook. Whasington: U.S. DEPARTMENT OF HOMELAND SECURITY, U.S. COAST GUARD. 2006. http://www.fema.gov/pdf/emergency/nims/NIMS_core.pdf. Acesso em: 10 set.2015.

______.Homeland Security Presidential Directive/HSPD-5. Washington DC: White House, 2003. Disponível em: <http://fas.org/irp/offdocs/nspd/hspd-5.html>. Acesso em: 12 set.2015.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui