ARTIGO: IDENTIFICAÇÃO DOS RISCOS
Autores: Masato Kobiyama e Roberto Fabris Goerl
Foto: Antônio Cruz/ABr

É preciso registrar corretamente as inundações graduais e bruscas para construir a verdadeira história e evitar futuras tragédias



Referência Bibliográfica:

CASTRO, A. L. C. Manual de Desastres: desastres naturais. Brasília: Ministério da Integração Nacional, 2003. 174 p.

GEORGAKAKOS, K. P. On the design of natural, real-time warning systems with capability for site-specific, flash-flood forecast. Bulletin American Meteorological Society, v.67, p.1233-1239, 1986.


GOERL, R.F.; KOBIYAMA, M. Considerações sobre as inundações no Brasil. In: XVI Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos (2005: João Pessoa) Porto Alegre: ABRH, Anais, 2005. 10p. CD-rom.

GOERL, R.F. et al. Características gerais dos escorregamentos ocorridos em novembro de 2008 nos municípios de Bruscque, Rio dos Cedros e Timbó – SC. In: XIII Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada (2009: Viçosa) Viçosa: UFV, Anais, 2009. 16p. CD-rom

KOBIYAMA, M.; GOERL, R.F. Quantitative method to distinguish flood and flash flood as disasters. SUISUI Hydrological Research Letters, v.1, p.11-14, 2007.

KOBIYAMA, M. et al. Prevenção de desastres naturais: Conceitos básicos. Curitiba: Organic Trading, 2006a. 109 p.

KOBIYAMA, M. et al. Estimativa Morfométrica e Hidrológica do Tempo de Concentração na Bacia do Campus da UFSC, Florianópolis – SC. In: I Simpósio de Recursos Hídricos do Sul-Sudeste (2006: Curitiba), Curitiba: UFPR, Anais, 2006b. 11p. CD-rom.

KOBIYAMA, M. et al. Hydrological disasters reduction: lessons from hydrology. In: SENS, M.L. & MONDARDO, R.I. (Org.). Science and Technology for Environmental Studies: Experiences from Brazil, Portugal and Germany. Florianópolis: UFSC, 2010. p.49-72.

TACHINI, M. et al. Descrição do desastre: as enxurradas. In: FRANK, B.; SEVEGNANI, L. (orgs.) Desastre de 2008 no Vale do Itajaí. Água, gente e política. Blumenau: Agência de Água do Vale do Itajaí, 2009. p.92-101.

UNDP Reducing disaster risk: a challenge for development. New York: UNDP, 2004. 130p.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui