ARTIGO TRANSPORTE: MUDANDO PARADIGMAS
Autores: Lucimar Cardoso Augusto e Sergio Pinto Amaral
Foto: CETESB

P
roposta de especialização para condutores rodoviários de produtos perigosos garante segurança no transporte

Bibliografia:

ABIQUIM – Associação Brasileira das Indústrias Químicas. Disponível em: www.abiquim.org.br. Acesso em: 2 nov. 2008.

ALVES, Daniel et al. Diagnóstico parcial das condições de segurança do transporte rodoviário de produtos perigosos no estado da Bahia – 2000. Disponível em: www.upb.org.br/rodovias.pdf. Acesso em: 2 fev. 2009.

ANTT – Agência Nacional de Transportes TerrestreS – Anuário Estatístico dos Transportes Terrestres – AETT/2005. Disponível em: www.transportes.gov.br/bit/ANTT. Acesso em: 2 fev. 2008.

ARAÚJO, Giovanni M. de. Segurança na Armazenagem, Manuseio e Transporte de Produtos Perigosos. Vol. 1. Rio de Janeiro: Gerenciamento Verde, 2005.

ARAÚJO, Giovanni M. de. Regulamentação do Transporte Terrestre de Produtos Perigosos Comentada. Vol. 2. Rio de Janeiro: Gerenciamento Verde, 2007.

ASSOCIAÇÃO POR VIAS SEGURAS – Associação Brasileira por prevenção dos Acidentes de Trânsito. Disponível em: www.vias-seguras.com. Acesso em: 2 fev. 2008.

CANUTEC – Canadian Transport Emergency Centre. Transportation of dangerous goods regulations. Disponível em: <http://www.tc.gc.ca/tdg/clear/tofc.htm>. Acesso em 14 Jul. 2008

CETESB – Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental. Disponível em: www.cetesb.sp.gov.br. Acesso em: 2 fev. 2008.

COSTA, Helder G.; SOARES, A. C.; OLIVEIRA, Patricia F. de. Avaliação de Transportadoras de Materiais Perigosos Utilizando o Método ELECTRE TRI. Gestão & Produção, v. 11, n. 2, 2004.

FONTOURA, G. A. Thurler. O autolicenciamento ambiental de indústrias químicas signatárias do programa atuação responsável. Tese (Doutorado em Ciências em Engenharia de Produção) – Departamento de Engenharia, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro. 2007.

GEIPOT. Disponível em: www.geipot.gov.br/novaweb/indexempresa.htm. Acesso em: 10 mai. 2008.

PECI, Alketa. Modelos regulatórios na área de transportes: a experiência americana. In: VII Congreso Internacional del CLAD sobre La Reforma del Estado y de la Administración Pública, Lisboa, Portugal, 8-11 Oct. 2002.

PORTO, Marcelo F. de Souza; FREITAS, Carlos M. de. Análise de riscos tecnológicos ambientais: perspectivas para o campo da saúde do trabalhador. Cad. Saúde Pública vol.13 supl.2. p.59-72. Rio de Janeiro, 1997.

REAL, Márcia V. A informação como fator de controle de riscos no transporte rodoviário de produtos perigosos. Dissertação de Mestrado em Ciências em Engenharia de Transportes – Universidade Federal do Rio de Janeiro. 2000.

SCHENINI, Pedro C.; NEUENFELD, Débora R.; ROSA, André Luiz M. da. O gerenciamento de riscos no transporte de produtos perigosos. XIII SIMPEP – Bauru, SP, Brasil, 06 a 08 nov. 2006.

SOUZA, José Carlos Teresa Paiva; REIMÃO, Rubens. Qualidade de vida de caminhoneiros. J Bras Psiquiatr, 55(3): 184-189, 2006.

VERGARA, S. C. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. São Paulo: Atlas, 2000.
—————————————————————————————————————————————-
ARTIGO: BIOÉTICA NO APH
Autores: Arimaza Contarini Soares, Bruno Quintino Domingos, Cláudia Cristina do Nascimento, Dilma Santos de Abreu e Derli Batista da Silva
Ilustração: Beto Soares/Estúdio Boom


Pesquisa mostra como serviços de atendimento pré-hospitalar lidam com o respeito à individualidade e direitos das vítimas


Bibliografia:

COELHO, A. R. A saída do sujeito sem alta médica: a discussão sobre a autonomia e a postura do profissional psicólogo. Psicol. Cienc. Prof. 2002. Set. 22(3): 38-45.

KOERICH, M. S.; MACHADO, R.R.; COSTA, E.;Ética e bioética: para dar início à reflexão. Rev Tex e Cont Enf. 2005. Jan-Mar; 14(1): 106-110.

MARCHI, M. M.; SZTAJN, R. Autonomia e heteronomia na relação entre profissional de saúde e usuário dos Serviços de Saúde. Disponível em: http://www.portalmedico.org.br/revista/bio1v6/autoheter.htm. Acesso em: 10 dez 2007.

GOLDIM, J. R.; Capítulo sobre Privacidade e Confidencialidade (Introdução à Bioética). Disponível em: www.ufrgs.br/bioetica/textos.htm#emergência > Acesso em: 20 de março.2007.

CARVALHO M. G.; Atendimento pré-hospitalar para enfermagem: suporte básico e avançado de vida. São Paulo: 2004.

ARTINS, P. P. S., PRADO, M. L.; Enfermagem e serviço de atendimento pré-hospitalar: descaminhos e perspectivas. Rev Bras Enf 2003; 56(1): 71-75.

BRASIL. Ministério da Saúde (BR). Portaria nº. 2048/GM de 05 de nov. 2002: Regulamento Técnico dos Sistemas Estaduais de Urgência e Emergência. [citado em: 2005 nov 11]. Disponível em:<http://www.saude.gov.br/samu>

MINAYO, Maria Cecilia de Souza. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saude / Maria Cecilia de Souza Minayo. 8. ed. São Paulo: Hucitec, 2004. 26p (Saude em debate;46)

TRIVINOS, A. N. S. Introdução a pesquisa em Ciências Sociais; a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo. Atlas. 1987. 175p.

THOMAZ, R.R.; LIMA F.V. Atuação do enfermeiro no atendimento pré-hospitalar na cidade de São Paulo. Acta Paul Enfermagem. 2000; 13(3): 59-65.

BRASIL. Ministério da Saúde (BR). Portaria nº. 2048/GM de 05 de nov. 2002: Regulamento Técnico dos Sistemas Estaduais de Urgência e Emergência. Disponível em:<http://www.saude.gov.br/samu> . Acesso em: 11 Nov 2007

FORTES, P. A. C. Ética e Saúde: Questões éticas, deontológicas e legais. Tomada de decisões. Autonomia e direitos do paciente. Estudo de casos. São Paulo. EPU, 1998.

BUB,M. B. C.; Ética e prática profissional em saúde. Rev Tex e Cont Enf. 2005. Jan-Mar; 14(1): 65-74.

PEREIRA, W. A. P.; LIMA, M. A. D. S. Atendimento pré-hospitalar: caracterização das ocorrências de acidente de trânsito. Acta Paul. Enferm. São Paulo: 19(3). 2006 . Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_ arttext &pid=S0103-21002006000300004 &lng =pt&nrm=iso>. Acesso em: 16 Fev 2008.

REALE, Miguel. Lições Preliminares de Direito. 27ª ed. Ajustada ao Novo Código Civil. São Paulo. Ed. Saraiva, 2006.

GONÇALVES, C. R. Direito Civil Brasileiro: Parte Geral, Vol. 1. São Paulo. Ed. Saraiva, 2003.

GAGLIANO, P. S.; FILHO, R. P. Novo Curso de Direito Civil: Parte Geral, Vol. 1. 8ª Ed. Rev. Atual. e Reform. São Paulo. Ed. Saraiva, 2006.

MARTIN, R. C.; Na unidade de emergência. Anais do 1º Ciclo de Debates sobre Assistência de Enfermagem; 1988. São Paulo (SP); 1988.

ANDRADE, L. M.; CAETANO, J. F.; SOARES, E. Percepção das enfermeiras sobre a unidade de emergência. Rev RENE 2000; 1(1): 91-97.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui