ARTIGO

Auxílio às equipes

AUTORES: Bruno Grockoski e Mateus Rauen*

Ilustração: Beto Soares/Estúdio Boom

Pesquisa mostra a relação entre o fenômeno de calcinação e a redução da resistência do concreto armado em situações de incêndio, ajudando na tomada de decisões em emergências

Referências:
Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 15200/2012: Projeto de estruturas de concreto em situação de incêndio – Procedimento. Rio de Janeiro, 2012.

______. NBR 14432: Exigências de resistência ao fogo deelementos construtivos de edificações – Procedimento. Rio de Janeiro,2000.

______. NBR 5628: Componentes construtivos estruturais – Determinação da resistência ao fogo. Rio de Janeiro,2001.

______. NBR 6118: Projeto de estruturas de concreto — Procedimento. Rio de Janeiro,2014

______. NBR 8681: Ações e Segurança nas Estruturas. Rio de Janeiro,2004

BRIK, E. M. J. MOREIRA, L. P. KRUGER, J. A. Estudo das patologias em estruturas de concreto pro venientes de erros em ensaios e em procedimentos executivos. In: ENCONTRO DE ENGENHARIA E TECNOLOGIA DOS CAMPOS GERAIS, Ponta Grossa, 8., 2013.

CÁNOVAS, M.F. Patologia e terapia do concreto armado. São Paulo: Pini, 1988.

CHAN, S. Y. N.; PENG, Gai-fei; CHAN, John K. W.. Comparison between high strength concrete and normal strength concrete subjected to high temperature. Materials And Structures, [s.l.], v. 29, n. 10, p.616-619, Springer Nature.  dez.1996.

CHAN, S. Y.n.; PENG, G.f.; ANSON, M.. Residual strength and pore structure of high-strength concrete and normal strength concrete after exposure to high temperatures. Cement And Concrete Composites, [s.l.], v. 21, n. 1, p.23-27, Elsevier BV. jan. 1999.

Código de Segurança Contra Incêndio e Pânico do Estado do Paraná, 2016. Disponível em: <http://www.bombeiros.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=316>. Acesso em: 15 set. 2016.

CONCREMAT. Relatório Técnico Avaliação Das Condições Estruturais Do Viaduto Santo Amaro, 2016. Disponível em: <http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/upload/infraestrutura/arquivos/rel atorio_concremat_viaduto_santo_amaro.pdf>. Acesso em: 25 out. 2016.

DENOEL, J. F. Fire Safety and Concrete Structures. European: FEBELCEM Federation Of Belgian Cement Industry, 2007.

Folha de São Paulo.Acidente no túnel Gotthard na Suíça.São Paulo: Mundo,Diário. [2001].

Folha de São Paulo. Incêndio ponte de Tatuapé. São Paulo: Cotidiano, Diário. [1995].

FICANHA,R; CHAMBERLAin,Z; FABEANE,R: Projeto e Cálculo de Estruturas de Aço: EDIFÍCIO INDUSTRIAL DETALHADO. Rio de Janeiro: Campus,2013.256p.

FELTRE, R.. Físico-química. 6. ed. São Paulo: Moderna, 2004. 282 p. FELTRE, R. Química- 1. São Paulo: Moderna, 2005. 400 p.

GRATTAN-BELLEW, P. E. Microstructural Investigation of Deteriorated Portland Cement Concretes . Construction and Building Materials. Vol. 10. Issue 1. Elsevier Science Ltd. Amsterdam, February, 1996.

GROSS, J.L.; PHAN, Long T.. Summary of Best Practice Guidelines for Structural Fire Resistance Design of Concrete and Steel Buildings. Structures Congress 2010, [s.l.], p.1-200, American Society of Civil Engineers (ASCE). 18 maio2010.

KLEIN, D.L.; CAMPAGNOLO, J.L. Metodologia para a análise do estado de degradação de prédios estruturados submetidos a ação do fogo. In: VI CONGRESO DE PATOLOGIA DE LA CONSTRUCCION Y VIII DE CONTROL DE CALIDAD, 2001.

KODUR, V. K. R. et al. Effect of Strength and Fiber Reinforcement on Fire Resistance of High-Strength Concrete Columns. Journal Of Structural Engineering, [s.l.], v. 129, n. 2, p.253-259, American Society of Civil Engineers (ASCE).

KODUR, V.k.r.; WANG, T.c.; CHENG, F.p.. Predicting the fire resistance behaviour of high strength concrete columns. Cement And Concrete Composites, [s.l.], v. 26, n. 2, p.141-153, Elsevier BV. fev. 2004.

KODUR, V.k.r.; PHAN, L.. Critical factors governing the fire performance of high strength concrete systems. Fire Safety Journal, [s.l.], v. 42, n. 6-7, p.482-488, Elsevier BV. set. 2007.

KODUR, V.k.r.; DWAIKAT, M.. A numerical model for predicting the fire resistance of reinforced concrete beams. Cement And Concrete Composites, [s.l.], v. 30, n. 5, p.431-443, Elsevier BV. maio 2008.

KUTZING, L. Fire resistance of high performance concrete with fibre cocktails. Disponível em: <http://www.uni-leipzig.de/massivb/institut/lacer04/1004_19.pdf>. Acessado em: 03 jun. 2016.

Jornal Estadão de São Paulo. Incêndio Shopping Brás. São Paulo: Mundo, [2016]-. Diário.

LIMA, R. C. A. et al O concreto de alto desempenho em temperaturas elevadas In: Simpósio EPUSP sobre estruturas de concreto, 5, 2003, São Paulo – SP. Anais. São Paulo, 2003 (CD Rom)

LIN, W. LIN, T. D.; POWERS-COUCHE, L. J. Microstructures of Fire Damaged Concrete . ACI Materials Journal. Vol. 93, N° 3. Technical Paper. ACI – American Concrete Institute. New York, May-June, 1996.

LONG, T. P.; THERESE, P.M.; JOHN, L.G.; MORGAN, J.H. Best Practice Guidelines for Structural Fire Resistance Design of Concrete and Steel Buildings. U.S. : National Institute of Standards and Technology, 2010.

MORALES, G. CAMPOS, A. FAGANELLO, A. A Ação do fogo sobre os componentes do concreto. Semina: Tech. Ex., [s.l.], v. 32, n. 1, p.47-55, 22 jun. 2011.    Universidade Estadual    de    Londrina.    Disponível    em:    acessado em: 03 jun.2016.

NAKAMURA,J.,2008,”Cuidadospararesistiràmaresia”.In:RevistaTechné,edição 88.

NEVILLE, A. M. Propriedades do concreto. São Paulo: Pini, 1923.

PEREIRA,    F.    S.    C.    Historia    da    Engenharia.    Disponível    em: <http://www.crearn.org.br/artigos/ver/120>. Acesso em: 03 jun.2016

RAMIRES, J. C. L. O processo de verticalização das cidades Brasileiras. Disponível em: <ojs.uem.br/ojs/index.php/BolGeogr/article/download/12156/7320>. Acessado em: 22 jun.2016.

ROSSO, T. Incêndios e arquitetura. Apostila. São Paulo: FAUUSP, 1975.

SILVA, V. P; Projeto de Estruturas de Concreto em Situação de Incêndio: Conforme ABNT NBR 15200:2004. São Paulo: Blucher, 2012.

SEITO, A. I. et al. A Segurança Contra Incêndios no Brasil. São Paulo: Projeto Editora, 2008. 470p.

SEITO, A. I. et al. A Segurança Contra Incêndios no Brasil. São Paulo: Projeto Editora, 2008. 470p.

SILVA, D. C. M. “Lei de Fourier”; Brasil Escola. Disponível em: <http://brasilescola.uol.com.br/fisica/lei-fourier.htm>.  Acesso em 21 de setembro de 2016.

THOMAS, P.h. et al. Flashover and instabilities in fire behavior. Combustion And Flame, [s.l.], v. 38, p.159-171, Elsevier BV jan. 1980.

VALENTE, L. S. Patologias Estruturais Causadas por Efeitos de Sismo, Explosão e Exposição ao Fogo. Disponível em: <http://www.revistaeep.com/imagens/volume14_02/cap02.pdf>. Acessado em: 03 jun. 2016.

VELASCO, R. V. et al Comportamento tensão- deformação do concreto de alto desempenho submetido a altas temperaturas In: Simpósio EPUSPsobre estruturas de concreto, 5, 2003, São Paulo – SP. Anais. São Paulo, 2003

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui