ARTIGO
Controle de Fumaça

AUTOR: Ednaldo Fernando Rodrigues

ILUSTRAÇÃO: Beto Soares/Estúdio Boom

Avaliação da utilização do sistema como medida compensatória às saídas de emergência mal dimensionadas ou executadas incorretamente

REFERÊNCIAS:
ALVES, Alessandra Beatriz Carneiro Gonçalves. A questão do escape em edifícios altos: a influência da fumaça de incêndio na proteção da vida. 2010. 286 f. Tese (Doutorado) – Curso de Doutorado em Arquitetura e Urbanismo, Universidade de Brasília, Brasília, 2010.

ALVES, Alessandra Beatriz Carneiro Gonçalves. Incêndio em edificações: a questão do escape em prédios altos em Brasília (DF). 2005. 205 f. Dissertação (Mestrado) – Curso de Mestrado em Arquitetura e Urbanismo, Universidade de Brasília, Brasília, 2005.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 9077: Saídas de emergência em edifícios. Rio de Janeiro, 1985.

BRASIL. Lei nº 13.425, de 30 de março de 2017. Estabelece diretrizes gerais sobre medidas de prevenção e combate a incêndio e a desastres em estabelecimentos, edificações e áreas de reunião de público; altera as Leis nos 8.078, de 11 de setembro de 1990, e 10.406, de 10 de janeiro de 2002 – Código Civil; e dá outras providências. Diário Oficial União, Poder Legislativo, DF, 31 mar. 2017. Seção 1, p. 1.

BRENTANO, Telmo. A proteção contra incêndio no projeto de edificações. 2. ed. Porto Alegre: Edição do Autor, 2010. 632 p.

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL. Manual básico de combate a incêndio: módulo 5: segurança contra incêndio. 2. ed. Brasília: Renovacio Criação, 2013. 148 p.

DISTRITO FEDERAL. Norma Técnica nº 10: Saídas de emergência. Distrito Federal, 2015.

GOIÁS. Norma Técnica nº 11: Saídas de emergência. Goiás, 2017.

MATO GROSSO. Norma Técnica nº 13: Saídas de emergência. Mato Grosso, 2013.

MATO GROSSO DO SUL. Norma Técnica nº 11: Saídas de emergência. Mato Grosso do Sul, 2013.

MINAS GERAIS. Instrução Técnica nº 08: Saídas de emergência. Minas Gerais, 2017.

PARANÁ. Norma de Procedimento Técnico nº 11: Saídas de emergência. Paraná, 2016.

RIO GRANDE DO SUL. Conselho Regional de Engenharia e Agronomia. Relatório técnico: análise do sinistro na Boate Kiss, em Santa Maria, RS. Santa Maria: CREA, 2013. 31 p.

SEITO, Alexandre Itiu et al. A segurança contra incêndio no Brasil. São Paulo: Projeto Editora, 2008. 484 p.

SENA, Lenita Franco de; ONO, Rosaria. Avaliação do dimensionamento de saídas de emergência e tempo de abandono de edificações utilizando método de simulação computacional. São Paulo, 2010.

SIEBEN, Monique. Prevenção e segurança contra incêndio: legislação, normas e instruções técnicas para extração e controle de fumaça. 2014. 109 f. Monografia (Graduação) – Curso de Engenharia Civil, Departamento de Engenharia Civil, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2014.

SÃO PAULO (Estado). Instrução Técnica nº 11: Saídas de emergência. São Paulo, 2015.

SÃO PAULO (Estado). Instrução Técnica nº 15: Controle de fumaça. São Paulo, 2011.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui